Consolidated Vultee 28 (PBY-5A/C-10A) “Catalina”

Consolidated Vultee 28 (PBY-5A/C-10A) “Catalina”

 

O CONSOLIDATED VULTEE 28 é um avião anfíbio, com capacidade para 5 tripulantes, destinado a missões de patrulha marítima. Voou pela primeira vez (XPBY-1) em 1935, sendo utilizado por vários países com grande eficiência, antes, durante e após a Segunda Guerra Mundial.

A Força Aérea Brasileira operou esses aviões, de 1943 a 1982, em missões de patrulha naval (onde houve confronto e afundamento de submarinos alemães) e em missões do Correio Aéreo Nacional, prestando importantes serviços à população da região amazônica. O exemplar em exposição (oriundo da Real Força Aérea Canadense) voou com a matrícula FAB 6527, de 1949 a 1982, quando foi desativado e entregue ao Museu Aeroespacial.

Local em exposição: Hangar 4.

Especificações Técnicas

Fabricante: Boeing Aircraft of Canada Ltd – Canadá, sob licença da The Consolidated Vultee Aircraft Corporation – Estados Unidos.
Motor:

2 Pratt & Whitney R-1830-92 de 1.200 h.p., radial de 14 cilindros.

Desiginação Militar: C-10A
Comprimento: 19,52 m
Envergadura: 31,72 m
Altura: 5,65 m
Peso Vazio: 7.974 kg
Velocidade Máxima: 314 km/h
Alcance: 4.030 km